Dedicado às minhas filhas Olga e Sara

No ano de 2005, Olga Roriz comemorou 50 anos de idade, 30 anos de carreira e 10 anos da sua Companhia.
Para celebrar estas três datas, a Companhia Olga Roriz produziu o projecto FELICITAÇÕES MADAME.
O princípio desta ideia foi a de ocupar três lugares longe dos palcos, lugares reais, e, em cada um deles, criar uma peça que, pelas características dos espaços se previam “efémeros”.
Surge então a ideia de, a partir dos materiais criados, encontrar um objecto conjunto que perdurasse no tempo – O Filme. Foram os lugares/residências: em Abril – Catacumbas da Escola Superior de Dança, Lisboa; em Agosto –
Praia da Ilha do Farol, Olhão; em Dezembro – Salão Nobre do teatro Nacional de S. Carlos, Lisboa.

Felicitações Madame, o filme

Felicitações Madame, o filme, é uma primeira abordagem à linguagem cinematográfica, que se alimenta do imaginário e do material coreográfico de Olga Roriz. Segue uma linha dramatúrgica fragmentária, como acontece nas peças da criadora, que se harmoniza pela forte presença musical e pelos esboços de personagens construídos, muito marcados pelas personalidades dos intérpretes com quem trabalhou.

Cláudia Galhós, Actual – jornal Expresso, 17 de Junho de 2006.

Direção e realização
Olga Roriz
Intérpretes
Catarina Câmara, Mafalda Saloio, Maria Cerveira,
Olga Roriz, Rita Calçada, Bruno Alexandre,
Félix Lozano, Pedro Santiago Cal, Rui Pinto
Operação de câmara
Victor Roriz
Assistente de câmara
Maria Ferreira
Iluminação
Celestino Verdades
Assistente de iluminação
Luís Lopes
Direção de som
Sérgio Milhano
Assistente de som
João Sargaço
Montagem
Pedro Rodrigues e Olga Roriz
Pós Produção áudio
Sérgio Milhano
Assistente de dramaturgia
Pedro Santiago Cal
Assistentes de direção
Sérgio Conceição, André Louro e Luiz Antunes
Seleção de decores e figurinos
Olga Roriz e Intérpretes
Peças cenográficas
João Mendes Ribeiro e Pedro Santiago Cal
Construção de adereços
Élio Antunes
Assistente de cenografia
Ana Taipas
Figurinos
Lidija Kolovrat, Olga Roriz
Mariana Sá Nogueira, Nuno Carinhas, Vera Castro
Assistente de guarda-roupa
Maria Ribeiro
Diretor de produção
Pedro Quaresma
Produção executiva
Rui Farinha e José Madeira
Segurança
José Maia e Dolly
Banda sonora
Saint-Saens “The Swan”, Astor Piazzola “Fugata”
“Yo soy Maria”, “Milonga por Maria la Nina”
Donizetti “O mio Babbino Caro” por Maria Callas, 666 “Hyde”
Amália Rodrigues “Canzone per te”
Peter Whitehead “Tunnel of Love”
Frederic Chopin “Preludio Op.28 n∫24”
Mafalda Saloio “Canção da Jangada”
John Barry “News of Hettyís Death”
Produção
Companhia Olga Roriz
Apoios
Escola Superior de Dança de Lisboa
Pedras & Pêssegos, Fundação Calouste Gulbenkian