Remontagem 2004 – Museu do Carro Eléctrico, Porto
Coprodução: Teatro Nacional de S. João

*Dedico esta reposição à memória de Catarina Baleiras

No jardim da casa do mar. Ela espera. Avança e logo pára. Ela não pára nunca. Ela embate contra os muros metálicos do jardim. Ela quer ficar só até que o tempo passe. Ela recua até ao princípio do caminho e depois recomeça. Avança na direção da casa. Ela escuta. Ela deixa-se estar na escuta dos passos sobre o mar. Ela não olha as duas mulheres que se tocam. Ela inventa. As mulheres olham-na. Esperam. Elas vêm os jogos que ela se faz inventar para não parar nunca. Ela foge e depois pára. Ela deixa-se ver. O cheiro da chuva mistura-se com o cheiro do mar. Ela recomeça.

Olga Roriz, Março 1990

Direção, interpretação e seleção musical
Olga Roriz
Participação de:
Nádia Lauro e Frederic Vaillant
Rennes (Centro Cultural) 1989
Carlota Lagido e Francisco Pedro
Lisboa (Jardim do Tabaco) 1990
Suzana Queiroz e Índio Queiroz
Porto (Museu do Carro Eléctrico) 2004
Catarina Câmara e Pedro Santiago Cal
Lisboa (Teatro Camões) 2004
Banda sonora
Xenakis, John Cage, Istvan Marta, Vivaldi, Nina Hagen, Kurt Weill
Escultura e pintura
Catarina Baleiras
Figurino
Olga Roriz
Luzes
Olga Roriz, Celestino Verdades
Assistente da direcção
Pedro Santiago Cal
Pós-produção banda sonora
Jorge Gonçalves
Diretor de produção
Pedro Quaresma
Produtor executivo
José Madeira