Uma peça em 5 actos, 5 pactos e 5 factos

Pele em carne e osso.

Reflexão sobre o corpo e a problemática do ser humano face a si mesmo e ao seu reflexo nos outros.
Confronto entre o corpo que se tem e o que se queria ter.
Corpo ávido de desejo.
Procura da consciência de si.
Exaltação do corpo inteligente.

Pele em carne nua.
Exposição da beleza efémera, da fragilidade e da força.
Busca utópica da preservação.
Instinto à flor da pele.
Impossibilidade de se sair do ponto de partida.
Um sentir, um estar, um ocupar.

Pele em carne viva.
Partilha em perpétua provocação.
Percurso lento por entre corredores silenciosos e vazios.
Corpo feito de mármore quente e palpitante.
Um fazer e desfazer para lá do tempo e do espaço.

Pele em carne fria.

Pele em carne crua.

Olga Roriz, Novembro 2001

Direção
Olga Roriz
Intérpretes (2002)
Adriana Queiroz, Joana Von Mayer, Francisco Rousseau,
Pedro Santiago Cal, Rui Rosa
Intérpretes (2004)
Adriana Queiroz, Catarina Câmara, Paula Pinto, Félix Lozano,
Francisco Rousseau, Pedro Santiago Cal
Música
Leo Ferré, Richard Strauss, Rabih Abou-Khalil, António Viegas
Cenário
João Mendes Ribeiro
Figurinos
Olga Roriz
Luzes
Clemente Cuba
Voz off
Pedro Santiago Cal
Texto
Olga Roriz
Diretor de produção
Pedro Quaresma
Produtor executivo
José Madeira