p5p5logo25anosbranco4

Em 2020 assinalaram-se os 25 Anos da Companhia Olga Roriz.
Em ano de aniversário, a COR realizou um conjunto de iniciativas para assinalar a efeméride.

+Info

SMD

Digressão 2020


Autópsia

11 Jan., 21h30
Teatro Sá de Miranda,
Viana do Castelo

8 Fev., 21h
Teatro Joaquim Benite, Almada

21 Fev., 21h30
Centro de Artes de Águeda

26 Set., 21h30
CAE-Centro de Artes e Espectáculos, Figueira da Foz

27 Nov., 21h30
Casa da Cultura de Ílhavo
.

.


Seis meses depois

Estreia
18 Set. 21h
19 Set. 19h
20 Set. 16h
Teatro Nacional D. Maria II, Lisboa (Coprodução)

3 Out., 21h30
Casa das Artes de Famalicão
(coprodução)

31 Out., 21h30
Cine-teatro Louletano, Loulé
(coprodução)

branco-curto

Digressão 2021


Autópsia

23 e 24 Jan., 11h
Teatro Nacional São João, Porto

29 Jan., 19h30
Teatro José Lúcio Silva, Leiria

13 Fev., 21h30
Teatro Municipal de Bragança

29 Abr., 21h
Centro Cultural Malaposta, Lisboa

.

A Casa (Título provisório)
Nova criação

ESTREIA
15 e 16 Mai., 21h00
Teatro Aveirense, Aveiro

11 Jun., 21h00
Teatro Municipal Sá de Miranda,
Viana do Castelo

.


Seis meses depois

18 e 19 Fev., 21h
Teatro Municipal Joaquim Benite, Almada

13 Mar., 21h00
Centro de Artes de Águeda, Águeda

19 Nov., 21h
Convento de São Francisco, Coimbra

corpoemcadeia

Corpoemcadeia

Levar para contexto prisional um método de criação artística de uma Companhia de dança de autor, com quase 25 anos de vida.
A aplicação de um modelo amplamente experimentado por equipa artística coesa são fatores que geram motivação, confiança e responsabilidade entre reclusos, artistas e terapeutas.
Também acreditamos que qualidade e visibilidade do nosso trabalho artístico contribuirá para um maior alcance social, derrubando muros e preconceitos. Maior pegada artística. Maior pegada social.

Aquilo que constitui o ADN do Corpoemcadeia é a parceria entre o modelo artístico da Companhia Olga Roriz e um modelo de intervenção terapêutica que privilegia a consciência corporal, o aqui e o agora e que entende a existência humana como um processo criativo.

+Info

logos

sara-carinhas-2

FOR | Formação Olga Roriz


Workshop de Escrita e Improvisação
por Sara Carinhas

Através de exercícios que utiliza no seu trabalho como encenadora, Sara Carinhas constrói um workshop que introduz elementos como a escrita, o contar de histórias, a auto-referencialidade, a ficção, ou a descrição, como formas de dar aos intérpretes ferramentas em torno do uso do texto – tanto para facilitar a explanação dos seus projetos e ideias artísticas – como para encontrar um outro relacionamento entre o corpo, a imaginação e a palavra.

>> Inscrições abertas
8 Jan. a 26 Mar. 2021
6ªs das 14h40 às 16h40
Carga horária | 24 horas 12 sessões
Preço | € 100 (20% de desconto para os alunos e ex-alunos FOR)
Transferência bancária: PT50 0018 000323478860020 58

Rafael Alvarez

FOR | Formação Olga Roriz

Atelier de Criação
por Rafael Alvarez

Ikebana Corporal
Desde 2017 desenvolvendo uma investigação artística a partir de diferentes temáticas da cultura nipónica, tradicional e contemporânea, o coreógrafo pretende neste atelier de criação partilhar algumas destas metodologias, propondo-se focar numa reinterpretação/adaptação da técnica de composição Ikebana* aplicada ao corpo, transformando-a numa técnica corporal através de um olhar e uma escrita coreográfica.

*Arte japonesa de arranjos florais, cujo significado etimológico provem de ikeru (conservar vivo) e hana ou bana (flores e ramos) também conhecida como kado – a via das flores.

Inscrições Encerradas
7, 14 Dez. 2020 | 4, 11, 18, 25 Jan. 2021
2ªs das 14h40 às 16h40
Carga horária | 12 horas 6 sessões
Preço | € 60 (20% de desconto para os alunos e ex-alunos FOR)
Transferência bancária: PT50 0018 000323478860020 58

FOR2

FOR Aulas Práticas

Para profissionais e estudantes de Dança, integradas nos cursos da FOR Dance Theatre
Aulas abertas a alunos externos mediante marcação

Contemporâneo
2ªs das 10h35 às 12h, Prof. Bruno Alves
3ªs e 5ªs das 9h às 10h30, Prof. Bruno Alves

Condicionamento Físico
2ªs e 6ªs das 9h às 10h30, Prof. Bruno Alves
4ªs das 9h às 10h30 – Yoga, Prof. Nuno Cabral

Preços | Aula avulso – 8€
Caderneta mensal 6 aulas – 40€
Caderneta mensal 10 aulas – 50€
Caderneta mensal 20 aulas – 95€
Mensalidade 1 aula/dia – 90€

+Info | Inscrições
 

Beatriz Brito

Residências Artísticas

Beatriz Brito
Quetzal

Os ténis eram brancos. Caminhei. Num ritmo que não sei bem qual era. E quando quis parar. Alguém gritou: “Corre.” Os ténis já́ não eram assim tão brancos. Não sei bem de que cor eram. Não tive tempo de parar. Corri. As pernas? Já́ não as sentia. Não sabia que podia parar. Parar? Não sabia o que era. Ouviram parar. Gritaram: “Não podes parar. Corre mais. Mais.” Corri. De resto pouco me lembro. Os ténis já́ não eram brancos. Já́ não tinham sola. Acho eu. Não reparei bem. Tinha de correr. Só́ me lembro de correr. E de pensar que os ténis. Brancos. Eram. E tinham sola. Ouviram-me a pensar e gritaram: “Tens de chegar. Corre.” Eu corri. Já́ não tenho ténis. Gritei eu. Mas eu corro.

Intérpretes: Beatriz Brito, Jéssica Brandão, Matilde Magalhães

Jean-Paul-Bucchieri

Jean Paul Bucchieri
Ninguém precisa de acreditar no real.

A realidade e a racionalidade são incompatíveis com a fé. Ninguém precisa de acreditar no real. O real é o facto, impõe-se. Mas o absurdo, aquilo para o que não temos evidência, explicação ou sentido, exige a crença. Em Dicionário da Fé, Jean Paul Bucchieri parte do texto de Gonçalo M. Tavares e olha para a fé como um modo de contornar o real. Resta então saber se o mundo que conhecemos, ou julgamos como autêntico, não é ele também um ato de fé.

Texto original | Gonçalo M. Tavares; Encenação e Desenho de luz | Jean Paul Bucchieri; Intérpretes | Ana Cris, Ariadna Llobet, Beatriz Brás, Cláudio da Silva, João Vicente, Miguel Borges; Dramaturgia | David Antunes; Produção executiva | Marta Moreira

Sofia-Silva

Sofia Silva
Interior Presente

O que somos nós, enquanto seres individuais que habitamos o nosso corpo? O que pensamos, o que sentimos, na relação connosco próprios, quando estamos a sós? Quais são as nossas questões internas mais profundas, quando nos encontramos no silêncio do exterior e no nosso ruído interior?

Conceção e Criação coreográfica | Sofia Silva; Interpretação | José Grossinho, Marta Cerqueira, Sofia Silva; Criação musical | Carlos Marecos; produção | Inestética Companhia Teatral

universo-paralelo

Universo Paralelo
Australopiteco

O que é ser diferente e como reagimos perante a diferença? Neste espetáculo de teatro para a infância, o objetivos é a inclusão, humanizar a relação da criança com a diferença através da compreensão e do respeito pelo outro, suscitando, desta maneira, a empatia e o altruísmo, e a aprendizagem de que o que nos une é mais forte do que o que nos separa.

Encenação e texto | Adriana Melo; Curadoria de texto | Alice Vieira; Intérpretes | Beatriz Brito, Clara Franco, Magnum Soares, Mia Meneses

Teresa-Coutinho

Teresa Coutinho
Solo

O espectador senta-se na sala de espetáculo. O espectador senta-se na sala de cinema. O espectador quer que lhe seja desvendada uma fábula, o espectador quer espelhar-se nos objetivos e angústias das personagens, ter dúvidas, sentir empatia, atingir a tão célebre “catarse”. Quantos de nós, ao vermos Hamlet debater-se com a angústia do aparecimento do fantasma do pai, não fomos acometidos de algum pesar, não empatiz ámos com a sua irascibilidade e inquietude? Quantos de nós não quisemos, à semelhança de James Bond, elaborar planos arriscados que salvassem o mundo ou, como Estragon e Vladimir, desesperámos à espera de Godot? Tantos de nós. E se fores uma miúda sentada no escuro da sala de cinema ou da sala de um teatro, anos a fio? Que ideia de feminino te devolveu esse espelho? Que imaginário se construiu até à tua idade adulta? O que te foi, afinal, sendo dito, todo este tempo?

Encenação | Teresa Coutinho

Afia-Abusham-e-Floriana-Dezou

Afia Abusham & Floriana Dezou
Workshop Discovering character through yourself

Inspirado no treinamento de ator ocidental tradicional e em filosofias não ocidentais, como as perspectivas orientais sobre energia. Explore exercícios focados em ser um executor energético, aprofundando a conexão interna com o eu, por meio do trabalho de Chakra corporificado.
Os workshops incluem trabalho de Chakra para a Voz, explorações físicas dos centros de energia e conexão com o corpo interno.

residencias

Residências Artísticas Anuais

Artistas residentes: João Rapozo, EIF(E), Camboja Selecta, André de Campos, The Portfolio Project, Manga Theatre, Produção d’Fusão, BodyBuilders & Rafael Alvarez. +Info